Follow by Email

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Bolo REI





- Preparação:

Amassam‑se 250 g de farinha de trigo da melhor com 50 g de fermento de padeiro ou com 25 g de fermento orgânico em pasta, desfeito qualquer deles em 1 dl de leite morno. Tapa‑se bem e deixa‑se a massa a levedar em sítio quente, por 5 a 6 horas.

À parte deita‑se num alguidar 1 kg de farinha, amassando‑o com 250 g de açúcar em pó, 6 ovos inteiros, 6 gemas, 300 g de manteiga derretida, 1 g de sal fino e 2 dl de leite, devendo ficar uma massa consistente, podendo‑se deitar mais leite se for necessário por a farinha ser muito seca.

Misturam‑se os 250 g de farinha que se amassaram com o fermento, amassando tudo bem e, estando a mistura bem homogénea, juntam‑se 150 g de passas, 100 g de cidrão doce cortado miúdo, 100 g de ameixas cortadas aos quartos, sem caroço, 100 g de amêndoas peladas, 150 g de nozes cortadas em quartos e 150 g de pinhões.

Amassa‑se novamente para incorporar bem na massa todos os elementos que se juntam, cobrindo‑se com um pano deixando levedar até aumentar o volume em metade, o que precisará de pelo menos 6 a 10 horas, conforme a temperatura do ar e o estado atmosférico.
É preferível preparar a massa à noite para cozer no dia seguinte.

Estando a massa bem levedada, fazem‑se bolos em coroa, pondo‑se no vazio do centro uma tigela ou um copo para não fechar; por cima da massa põem‑se algumas ameixas cortadas ao meio e peras ou outras frutas secas cristalizadas e algumas amêndoas, deixando repousar por duas horas, polvilhando com açúcar pilé e pondo‑os a cozer no forno com calor forte.

Antes de pôr no forno, pode‑se pintar a massa por cima com gema de ovo. Feita a massa fazem‑se os bolos e põem‑se em tabuleiro indo ao forno em lume brando.

Ingredientes:


1,250 kg de farinha de trigo
50 g de fermento de padeiro ou 25 g de fermento orgânico
3 dl de leite
250 g açúcar
12 ovos
300 g de manteiga
1 g de sal
150 g de passas
100 g de cidrão doce
100 g de ameixas
100 g de amêndoas
150 g de nozes
150 g de pinhões
frutas cristalizadas

0 comentários: